GARETH NELSON: OS DESAFIOS ATUAIS E O FUTURO DA BIOGEOGRAFIA

PDF (885.12 KB)

Autor / Author

George M. T. Mattox

Resumo

A distribuição dos organismos tem chamado a atenção dos cientistas desde muito tempo. Grandes naturalistas preocuparam-se em estudar seus grupos de interesse e descrever padrões geográficos, evocando dispersão para explicar sua distribuição. O advento da sistemática filogenética na década de 60 representou uma mudança de paradigma na biogeografia incorporando o conceito de vicariância, processo pelo qual grupos de organismos são isolados e sofrem diferenciação, fornecendo assim modelos testáveis em biogeografia. Neste contexto apareceu Gareth Nelson, ictiólogo norte-americano que contribuiu para o desenvolvimento da Biogeografia Cladística, pautando suas bases teóricas e propondo metodologias para seu estudo. Neste artigo, Nelson responde uma entrevista tangenciando alguns dos principais assuntos da biogeografia moderna como suas tendências e futuro, interface com a conservação, e outras questões epistemológicas. Palavras–chave. Biogeografia histórica, ciência, distribuição dos organismos, história da biologia, paradigma. doi: 10.7594/revbio.07.09

Title

GARETH NELSON: CURRENT CHALLENGES AND THE FUTURE OF BIOGEOGRAPHY

Abstract

The distribution of organisms has captured the attention of scientists for a long time. Great naturalists studied their groups of interest and described geographic patterns, evoking dispersion to explain their distribution. The development of phylogenetic systematics in the sixties represented a paradigm shift for biogeography, incorporating the concept of vicariance, process through which groups of organisms are isolated and differentiate, providing testable models in biogeography. In this context emerged Gareth Nelson, a North-American ichthyologist that contributed to the development of Cladistic Biogeography, providing its theoretical basis and proposing methodologies for its study. Herein, Nelson answers an interview regarding some of the main topics in modern biogeography such as its tendencies and future, interface with conservation, among other epistemological questions.
Key words. Distribution of organisms, historical biogeography, history of biology, paradigm, science.

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License

Comentários

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <blockquote> <p> <br>

Mais informações sobre as opções de formatação