Laboratório de Drosofilídeos

 

SemImagemProf. Dr. Carlos Ribeiro Vilela
Os professores e alunos do Laboratório de Drosofilídeos realizam suas pesquisas em Genética, Ecologia, Taxonomia e Evolução, com a utilização de marcadores morfológicos, cromossômicos e moleculares e com enfoque nas espécies neotropicais. A elucidação da função, origem e evolução de novos genes é feita via análise da espermatogênese. As atividades de extensão universitária consistem na identificação de espécies e no oferecimento de amostras de mutantes de Drosophila melanogaster e de orientação didática para o ensino prático de Genética básica.

Contato: +55 11 3091-7585/7631
Email: crvilela@ib.usp.br
Currículo Lattes

 

Publicações Selecionadas:

Mori, L. 2012. Gene white e o mutante de olhos brancos de Drosophila melanogaster. Genética na Escola 7(2); 96-101.

Vibranovski, M.D. 2014. Meiotic sex chromosome inactivation in Drosophila. Journal of Genomics 2:104-117.

Vibranovski, M.D., Zhang, Y. & M. Long. 2009. General gene movement off the X chromosome in the Drosophila genus. Genome Research 19(5): 897-903.

Vilela, C.R. & L. Mori. 2014. The invasive spotted-wing Drosophila (Diptera, Drosophilidae) has been found in the city of São Paulo (Brazil). Revista Brasileira de Entomologia 58(4): 371-375.

Vidal, M.C. & C.R. Vilela. 2015. A New Species of Rhinoleucophenga (Diptera: Drosophilidae) From the Brazilian Cerrado Biome Associated With Extrafloral Nectaries of Qualea grandiflora (Vochysiaceae). Annals of the Entomological Society of America 108(5); 932-940.

Vilela, C.R. & B. Goñi. 2015. Mosca-africana-do-figo, Zaprionus indianus, p. 191-213. In: E.F. Vilela & R.A. Zucchi (Eds.) Pragas introduzidas no Brasil: insetos e ácaros. Piracicaba: FEALQ.