Buckeridge e as plantas inteligentes

plantas inteligentes fmtBuckeridge e as plantas inteligentes

Cientistas descobriram que as plantas atuam também como se tivessem linguagem, memória, visão, audição, defesas e cognição. Percebem-se como indivíduos e são capazes de fazer escolhas. Tudo isso tem sido demonstrado ao longo dos últimos anos a partir de trabalhos de botânicos do mundo todo.
Em entrevista ao site da Veja no último dia 8, o professor Marcos Buckeridge, do departamento de Botânica do IB/USP, comentou que as plantas têm sistemas inteligentes que detectam as condições do ambiente e, com isso, tomam decisões e aprendem baseadas no passado. Diversos estudos publicados ao longo dos últimos dez anos provaram que um vegetal se reconhece como um ser único e percebe quando outras plantas ou animais tentam invadi-lo. Além disso, relaciona variáveis como níveis de água e luz e, de acordo com o que viveu no passado, toma decisões. Escolhe crescer para um ou outro lado ou abandonar ou manter suas folhas para economizar energia. "Com todas essas descobertas, não consigo ver diferenças nessa habilidade inteligente em humanos ou vegetais", afirma Buckeridge.

Confira reportagem completa no link.
Já neste artigo, cientistas descobrem que plantas se comunicam através de compostos voláteis liberados e recebidos por elas. Tais compostos avisariam sobre herbívoros no ambiente, fazendo com que elas se tornem mais resistentes a pragas.