Etanol de segunda geração

bioetanol fmtEtanol de segunda geração

Ultimamente a área de combustíveis e bioetanol tem falado muito sobre "etanol de segunda geração". Mas, afinal, o que é isso? E qual a diferença dele para o etanol tradicional?

Na verdade o etanol pode ser obtido a partir da moagem da cana de açúcar. Mas a intenção é obter um procedimento com viabilidade industrial para o combustível gerado com o que sobra dessa primeira moagem. Isso inclui tanto uma reorganização genética da cana-de-açúcar, quanto o desenvolvimento de enzimas que possam extrair o açúcar de sua parede celular com facilidade, para mais combustível ser produzido.

O Lafieco é o laboratório-sede do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia (INCT) do Bioetanol e, por isto, não está sozinho neste projeto de pesquisa. Além dele, mais 32 grupos se propuseram a este desafio, coordenados pelo professor Marcos Silveira Buckeridge, do Departamento de Botânica do IB/USP.

Saiba mais clicando em http://www.agrosoft.org.br/agropag/227750.htm