Academia de Ciências do Estado de S.P.

aciespAcademia de Ciências do Estado de São Paulo

A Academia de Ciências do Estado de São Paulo (Aciesp), composta atualmente por 420 acadêmicos que representam diversas áreas da ciência paulista,
tem por objetivo "consolidar a visão de São Paulo como o principal centro regional de excelência científica na América Latina".
Quatro temas principais são o foco deste ano: a luz, o envelhecimento da população, as mudanças no uso da terra e as mudanças climáticas.
Ressalta-se a atuação da ACIESP, junto ao Instituto de Estudos Avançados (IEA) da USP, na composição do “Livro Branco da Água”, que tem como um de seus objetivos possíveis soluções para as questões relacionadas à água no Estado de São Paulo.

Recentemente, foi eleito como atual presidente um de nossos docentes.


Conheça os membros do Conselho Diretor da Aciesp:

buck02Presidente: Prof. Dr. Marcos Silveira Buckeridge, do Departamento de Botânica do IB/USP


Marcos Silveira Buckeridge é biólogo com PhD em Bioquímica de Plantas pela Universidade de Stirling na Escócia. Por 20 anos (1986 a 2005) trabalhou no Instituto de Botânica de São Paulo, onde montou um grupo de pesquisas que se dedicou a estudar a fisiologia, bioquímica e biologia molecular de espécies nativas de diversos biomas brasileiros, em especial a Mata Atlântica. A partir de 1999, iniciou pesquisas que visam compreender as repostas fisiológicas e bioquímicas de plantas às mudanças climáticas globais. Já publicou mais de uma centena de artigos científicos, 25 capítulos de livros, editou três livros e orientou mais de 50 teses e dissertações. Foi coordenador de projeto temáticos FAPESP dentro do programa BIOTA e BIOEN da FAPESP. Atualmente, é professor de Fisiologia Vegetal do Departamento de Botânica do Instituto de Biociências da USP, onde continua a estudar vários aspectos do metabolismo vegetal. No Instituto de Biociências da USP, fundou o Lafieco (Laboratório de Fisiologia Ecológica de Plantas), dedicado a estudar aspectos do crescimento e desenvolvimento de plantas às mudanças climáticas globais e bioenergia. Seu grupo desvendou a estrutura química e a arquitetura da parede celular da cana-de-açúcar, abrindo um caminho importante para obter o etanol de segunda geração no Brasil. Foi coordenador da Biologia da FAPESP por 6 anos, onde ajudou a fundar e foi um dos coordenadores do Programa BIOEN. Entre 2009 e 2012 foi Diretor Científico do Laboratório Nacional de Ciência e Tecnologia do Bioetanol do CNPEM em Campinas, onde comandou a montagem de um laboratório de alto nível e definiu o plano de pesquisa básica em bioenergia do CTBE. Desde 2009 é coordenador do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia do Bioetanol. Em 2008 foi eleito membro titular da Academia de Ciências do Estado de São Paulo. Buckeridge é membro do Conselho Editorial da revista europeia Plant Physiology and Biochemistry, da Elsevier, editor de Comunicação da revista Bioenergy Research e Reviews Editor da revista Trees: structure and function, ambas da Springer.

vander02Vice-Presidente: Profa. Vanderlan da Silva Bolzani, do IQ/UNESP


Vanderlan da Silva Bolzani é farmacêutica graduada pela Faculdade de Farmácia da UFPB (1973). Mestredo em química orgânica (1977) e doutorado (Bolsa FAPESP) em ciências pelo Instituto de Química da Universidade de São Paulo (IQ-USP),1982. Pós-doutorado no Virginia Tech, Virgínia, EUA, (FAPESP, 1992 a 1994). Bolsista do DAAD, estágio de curta duração na Leibniz Universität Hannover, Alemanha, em 1990. Livre-docente pelo Instituto de Química da Unesp em 1996 e Professora Titular da mesma instituição desde 2005. Pesquisadora 1A do CNPq, foi professora visitante na Université Pierre et Marie CURIE (UPMC), Paris VI, Paris, 2011, 2013. Chefe do Departamento de Química do IQ-UNESP, 2000-2006). Membro do Conselho Universitário da Unesp (2002-2006) e do Conselho de Pós-Graduação (2002-2004). Assessora da Pró-Reitoria de Pesquisa UNESP (2004-2009). Membro assessor do CA-QU, CNPq, 2008 -2010. De 2009-2012 foi Vice-diretora da Agência de Inovação da UNESP (AUIN) onde atualmente é Diretora. Membro do Conselho Deliberativo do CNPq por dois mandatos (2010-2013 e 2013-2015). Foi vice-presidente (2004 a 2008) e presidente (2008-2010) da Sociedade Brasileira de Química (SBQ) e atualmente é membro do Conselho Consultivo da SBQ e da SBPC de 2013-2015, onde atualmente é Vice-presidente. Membro do corpo editorial de vários periódicos da área de atuação - Natural Products Report (RSC), Journal of Natural Products (ACS), Phytochemistry Letters (Elsevier), Journal of Ethnopharmacology (Elsevier), Open Conservation Biology Journal (Betham Open) e RSC Advances RSC). Várias prêmiações, destaque para: Fellow da RCS em 2009, Medalha Simão, Mathias, SBQ em 2011, Distinguish Woman in Science, IUPAC/ACS em 2011 e Elsevier CAPES 2013. É Membro da Academia Brasileira de Ciências (ABC) em 2011, Academia Paulista de Ciências (ACIESP) em 2012 e da World Academy of Science for Developing Countries (TWAS) em 2013. Desde 2012 integra o Scientific Advisory Board da L’Oréal, Paris e em 2014, é indicada NAO-IUPAC. Participa do Programa Biota desde a sua criação e atualmente faz parte da coordenação do Biota-FAPESP. Foi uma das pesquisadoras pioneiras na linha de produtos naturais do IQAr-UNESP, onde hoje, com outros docentes, integra o Núcleo de Bioensaio, Biossíntese e Ecofisiologia de Produtos Naturais (NuBBE). Em 2014 foi nomeada para integrar o Comitê Internacional da CAPES. Desenvolve pesquisa em química de produtos naturais, incluindo os ciclotídeos e orbitídeos de plantas biodiversidade brasileira, com ênfase em bioprospecção, metabolômica e química medicinal. Pelo Research ID contabiliza 203 publicações (índice h=27, 2992 citações ); Google Scholar sobre o total de publicações (índice h=35, 4.562 citações), desde 2010 (índice h=28, 2900 citações), 1 livro, 5 capítulos, e 4 patentes. Desde o início da carreira vem contribuindo para a formação de recursos humanos na área – orientações concluídas 45 IC, 19 MS, 20 Dr. e 23 Pós-doutorados e em andamento - 5 IC. 7 MS, 1 Dr. e 6 Pós-doutorados.

hamilt02Diretor Executivo: Prof. Hamilton Varela, do IQSC/USP

Hamilton Varela (1973) é Engenheiro Químico pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (1997), Mestre em Físico-Química pelo Instituto de Química de São Carlos da Universidade de São Paulo (IQSC/USP, 2000) e Doutor em Ciências Naturais (com distinção magna cum laude) pela Universidade Livre de Berlim (Berlim, Alemanha, 2003). Entre 2000 e 2003 desenvolveu sua tese de doutorado no Departamento de Físico-Química (dirigido pelo Prof. G. Ertl, laureado com o Prêmio Nobel de Química de 2007) do Fritz Haber Institut der Max Planck Gesellschaft, Berlim. Realizou estágio de pós-doutorado no Departamento de Física Experimental da Technical University Munich (Munique, Alemanha, 2004). Entre 2005 e 2007 atuou como Jovem Pesquisador FAPESP no IQSC/USP e em 2007 foi contratado como professor na mesma instituição. Em 2012 tornou-se professor associado com tese de livre-docência defendida na área de termodinâmica química. Membro do Grupo de Eletroquímica do IQSC/USP, vem se dedicando recentemente às áreas de auto-organização em sistemas físico-químicos, interconversão entre energias química e elétrica, com foco em eletrocatálise, células a combustível, cinética e mecanismo de reação. Membro fundador do Ertl Center for Electrochemistry and Catalysis, na cidade de Gwangju, Coreia do Sul, e, desde 2010, atua como Managing Scientist. Foi nomeado em 2014 Adjunct Professor do Gwangju Institute of Science and Technology (GIST). Recebeu o Skinner Prize (The Royal Society of Chemistry, Reino Unido, 2001), a primeira Edição do Ertl Prize (Ertl Center, Coreia do Sul, 2012), e foi membro afiliado da Academia Brasileira de Ciências (2009).

A posse dos novos membros eleitos está prevista para este mês (outubro), durante evento sobre os Impactos das Mudanças Climáticas no Estado.
Conheça mais sobre a Aciesp: http://www.acadciencias.org.br/