Notícias

Zica elimina tumor humano avançado no sistema nervoso

bkdahdhenkaamegfZica elimina tumor humano avançado no sistema nervoso

"O vírus Zika pode ser usado como ferramenta no tratamento de tumores humanos agressivos do sistema nervoso central. É o que revelou um estudo brasileiro publicado nesta última quinta-feira (26) na revista Cancer Research, importante publicação científica da área oncológica."

O estudo foi coordenado por Mayana Zatz, professora do Instituto de Biociências da USP, ao lado de Oswaldo Keith Okamoto, também professor do IB/USP.

Assista à reportagem do Jornal Globo News

Leia mais sobre sobre o assunto:

Portal do Governo do Estado de São Paulo
Agência FAPESP
Jornal da USP Aproveite e confira as entrevistas com os pesquisadores no Canal USP 
Estadão

Projeto BioGenoma da Terra

lldenhlmnokojibdProjeto BioGenoma da Terra

"Estima-se que existam na Terra entre 10 milhões e 15 milhões de espécies eucarióticas, como plantas, animais, fungos e outros organismos cujas células têm um núcleo que abriga seu DNA cromossômico. Mas apenas 14% deles (2,3 milhões) são conhecidos e menos de 0,1% (15 mil) tiveram seu DNA sequenciado completamente.
O conhecimento dessa pequena fração da biodiversidade terrestre resultou em enormes avanços na agricultura, medicina e indústrias baseadas em biotecnologia, além de melhorias nas estratégias para conservação de espécies ameaçadas de extinção, avaliam pesquisadores da área.
A fim de preencher a enorme lacuna no conhecimento e explorar o potencial científico, econômico, social e ambiental da biodiversidade eucariótica terrestre, um consórcio internacional pretende sequenciar, catalogar e caracterizar o genoma de todas as espécies eucarióticas da Terra ao longo de 10 anos."

Leia mais:Projeto...

Expedição científica desvenda a biodiversidade da região do Pico da Neblina

noticia0512Expedição científica desvenda a biodiversidade da região do Pico da Neblina

A expedição “Traços Biológicos do Passado na Biodiversidade Presente da Amazônia do Norte” liderada pelo Prof. Miguel Trefaut Urbano Rodrigues  do  Departamentoto de Zoologia do IB/USP , com apoio logístico e estratégico do Exército Brasileiro, foi um sucesso. Ao longo de um mês no ponto mais alto do Brasil, os pesquisadores coletaram exemplares de animais e plantas ainda não catalogados e desvendaram um pouco da história da região amazônica.

A pesquisa teve "como principal objetivo coletar material para a compreensão das relações históricas e os contatos pretéritos entre a Amazônia e a Mata Atlântica durante os períodos glaciais e interglaciais. Foi desenvolvida em três frentes – répteis e anfíbios; aves e mamíferos; e botânica – partindo da análise comparativa da morfologia, genética e fisiologia. Permitindo deduzir, a partir de uma base de dados climáticos, como tais espécies se comportaram durante os períodos de climas mais frios glaciais e mais quentes que os atuais.

Leia mais:Expedição...