Seleção sexual (1 de 2)

Seleção Sexual é um caso especial de seleção natural. Seleção sexual age na habilidade de um organismo de obter (geralmente de qualquer maneira!) ou copular com um parceiro.

Seleção faz com que muitos organismos cheguem ao extremo por sexo: pavões (topo esquerdo) mantêm rabos elaborados, elefantes marinhos (topo direito) brigam por territórios, moscas da fruta fazem danças e algumas espécies entregam presentes persuasivos. Afinal de contas, qual grilo Mórmon fêmea (embaixo à direita) poderia resistir ao presente de um úmido pacote de esperma? Indo ainda mais ao extremo, a aranha viúva negra, macho (embaixo à esquerda) literalmente se arremessa nas garras da morte para conseguir acasalar.

pavão macho
Masculino elefantes de combate

Seleção sexual é frequentemente poderosa o bastante para produzir características que são prejudiciais sobrevivência do organismo. Por exemplo, penas da cauda ou barbatanas coloridas e extravagantes que provavelmente atrairão tanto predadores tanto quanto membros do sexo oposto.


  • Imagem do pavão cortesia de Rock Maple Farm.
• Imagem de elefante marinho cortesia de Craig’s Homepage.
• Grilo Mórmom cortesia de Grasshoppers of Wyoming and the West.
• Imagem de aranhas cedida por Andrew Mason, University of Toronto at Scarborough.
próxima página


Busca · Índice · Navegação · Direitos Autorais · Créditos · Contato
Entendendo a Evolução para Professores Início · Entendendo a Evolução Início

Veja outras opiniões do site Entendendo a Evolução

Tradução em espanhol do site Entendendo a Evolução para Professores da Sociedade Espanhola de Evolução Biológica.