Paratrigona subnuda (Moure)

Nome popular : JATAÍ DA TERRA

Taxonomia

· Hymenoptera
. Apoidea
. Apidae
· Meliponini
Nome científico: Paratrigona subnuda (Moure)
Nome popular: Jataí da terra (Nogueira-Neto, 1970).

Distribuição geográfica

Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo (Silveira et al., 2002). Do sul até o centro leste do Brasil, de Santa Catarina até o centro da Bahia, na Chapada Diamantina (Camargo e Moure, 1994).

Referência
Silveira et al., 2002. Abelhas Brasileiras. Belo Horizonte.
Camargo, J. M. F. ; Moure, J. S. 1994. Meliponini Neotropicais : 1994. Os gêneros Paratrigona Schwarz, 1938 e Aparatrigona Moure, 1951 (Hymenoptera, Apidae). Arquivos de Zoologia, São Paulo, SP, v. 32, n. 2, p. 33-109

Ecologia

Espécie com ninho subterrâneo, ocupando panelas abandonadas de saúvas. Muito mansa, é bem comum, sendo freqüentemente encontrada nas flores. Seus ninhos são pequenos, com cerca de 1000-1500 abelhas. Os favos, sempre em espiral, são circundados por um invólucro. Células construídas em bateria, composta por até 26 células de cria nas colônias fortes. As células reais podem ser de dois formatos, um deles em forma de pêra e outro como as células normais, mas de maior tamanho. Às vezes duas células reais são construídas lado a lado. O favo de cria em construção é sempre o superior. As rainhas virgens andam livremente pela colméia, sendo encontradas ocasionalmente em repouso nos potes de alimento vazios. Machos formam grupos dentro da colméia, muitas vezes junto ao depósito de detritos da colônia, conspícuo.

Fotos de espécimes da coleção

operária - vista frontal
operária - vista lateral
operária - asa
operária - perna posterior
macho - vista frontal
macho - vista lateral
Fotos: Sylvia Maria Matsuda - Laboratório de Abelhas

Fotos da entrada e do interior do ninho

entrada
interior do ninho
Foto: Marco Antonio do Vale - Laboratório de Abelhas
Foto: Laboratório de Abelhas

Desenhos apresentados por J.M.F. Camargo & J.S. Moure publicados no Arquivos de Zoologia - Museu de Zoologia da USP (vol.32, fasc.2, 1994).

Artigo: Meliponinae Neotropicais: os gêneros Paratrigona Schwarz, 1938 e Aparatrigona Moure, 1951 (Hymenoptera, Apidae)

Número 137 - Cabeça de operária de Paratrigona subnuda. Desenhado por J.M.F. Camargo.
Número 28 - Forma e desenhos amarelos (área sem retículo) do mesonoto em operária de Paratrigona subnuda. Desenhado por J.M.F. Camargo.

Espécies vegetais utilizadas por esta espécie para forrageamento e nidificação

Referências Bibliográficas

home